Processo Penal

domingo, 25 de outubro de 2009 Deixe um comentário

Meus Caros,

Nova questão.

Boa semana.

Márcio Omena


TJ/SP 2009) Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna da

frase:

A inobservância da competência penal por prevenção:

a) constitui nulidade relativa
b) constitui nulidade absoluta
c) não constitui nulidade
d) pode constituir nulidade absoluta em circunstâncias especiais

Desculpem pelo atraso. Estava viajando.

RESPOSTA: correta a alternativa “A”.

Prof. Norberto Avena descreve que: “Por outro lado, sem qualquer reflexo em termos de Constituição (pois decorre unicamente de regras infraconstitucionais), há a competência em razão do lugar, considerada uma competência relativa, o que torna sanável e, se não argüida oportuno sempre, preclusa a nulidade daí decorrente. Neste sentido, aliás, o pronunciamento reiterado do STJ aduzindo que é relativa a incompetência resultante de infração às regras legais de prevenção, ocorrendo a preclusão se não alegada em momento oportuno, condicionando-se, ainda, o reconhecimento do vício a que seja evidenciado o prejuízo decorrente (RHC 22007/SP, DJ 02.06.2008). Cabe ressaltar que tal posição é coerente com a Súmula 33 daquele Tribunal, dispondo que “a incompetência relativa não pode ser declarada de ofício” e com a posição do Supremo Tribunal Federal incorporada à Súmula 706 no sentido que é relativa a nulidade decorrente de inobservância da competência penal por prevenção.” (Processo Penal Esquematizado – 1ª edição, página 578).

4 comentários »

  • joao disse:  

    De acordo com a súmula 706 do STF a nulidade é relativa.
    Entao é LETRA A

  • João Ricardo R. disse:  

    Achei que fosse absoluta, mas tem súmula. O meu xará acertou.

  • Anônimo disse:  

    A competência é relativa- súmula 706 do STF. A resposta seria a letra A.

  • Alexandre D. disse:  

    Marquei a A por dedução. Com a súmula não há dúvida.

  • Deixe seu comentário!