3 dicas de processo civil essenciais para concursos

quinta-feira, 12 de agosto de 2010 Deixe um comentário

Separamos 03 alterações recentes no Código de Processo Civil que, provavelmente, aparecerão nos concursos:

1 - O artigo 285-A permite o julgamento "prima facie" desde que a questão verse exclusivamente sobre matéria de direito, a sentença anterior seja de total improcedência e que tenha sido proferida pelo mesmo juízo. Vejamos o que diz a lei:

Art. 285-A. Quando a matéria controvertida for unicamente de direito e no juízo já houver sido proferida sentença de total improcedência em outros casos idênticos, poderá ser dispensada a citação e proferida sentença, reproduzindo-se o teor da anteriormente prolatada. (Incluído pela Lei nº 11.277, de 2006)

§ 1o Se o autor apelar, é facultado ao juiz decidir, no prazo de 5 (cinco) dias, não manter a sentença e determinar o prosseguimento da ação. (Incluído pela Lei nº 11.277, de 2006)

§ 2o Caso seja mantida a sentença, será ordenada a citação do réu para responder ao recurso. (Incluído pela Lei nº 11.277, de 2006)

2 - Os artigos 543-C e 543-B permitem o julgamento de recurso especial e recurso extraordinário por amostragem. Dessa forma, quando houver multiplicidade de recursos com uma mesma fundamentação, pode-se enviar apenas alguns processos aos tribunais superiores. O julgamento efetuado repercutirá sob os demais:

Art. 543-B. Quando houver multiplicidade de recursos com fundamento em idêntica controvérsia, a análise da repercussão geral será processada nos termos do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal, observado o disposto neste artigo. (Incluído pela Lei nº 11.418, de 2006).

§ 1o Caberá ao Tribunal de origem selecionar um ou mais recursos representativos da controvérsia e encaminhá-los ao Supremo Tribunal Federal, sobrestando os demais até o pronunciamento definitivo da Corte. (Incluído pela Lei nº 11.418, de 2006).

§ 2o Negada a existência de repercussão geral, os recursos sobrestados considerar-se-ão automaticamente não admitidos. (Incluído pela Lei nº 11.418, de 2006).

§ 3o Julgado o mérito do recurso extraordinário, os recursos sobrestados serão apreciados pelos Tribunais, Turmas de Uniformização ou Turmas Recursais, que poderão declará-los prejudicados ou retratar-se. (Incluído pela Lei nº 11.418, de 2006).

§ 4o Mantida a decisão e admitido o recurso, poderá o Supremo Tribunal Federal, nos termos do Regimento Interno, cassar ou reformar, liminarmente, o acórdão contrário à orientação firmada. (Incluído pela Lei nº 11.418, de 2006).

§ 5o O Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal disporá sobre as atribuições dos Ministros, das Turmas e de outros órgãos, na análise da repercussão geral. (Incluído pela Lei nº 11.418, de 2006).

Art. 543-C. Quando houver multiplicidade de recursos com fundamento em idêntica questão de direito, o recurso especial será processado nos termos deste artigo. (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

§ 1o Caberá ao presidente do tribunal de origem admitir um ou mais recursos representativos da controvérsia, os quais serão encaminhados ao Superior Tribunal de Justiça, ficando suspensos os demais recursos especiais até o pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça. (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

§ 2o Não adotada a providência descrita no § 1o deste artigo, o relator no Superior Tribunal de Justiça, ao identificar que sobre a controvérsia já existe jurisprudência dominante ou que a matéria já está afeta ao colegiado, poderá determinar a suspensão, nos tribunais de segunda instância, dos recursos nos quais a controvérsia esteja estabelecida. (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

§ 3o O relator poderá solicitar informações, a serem prestadas no prazo de quinze dias, aos tribunais federais ou estaduais a respeito da controvérsia. (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

§ 4o O relator, conforme dispuser o regimento interno do Superior Tribunal de Justiça e considerando a relevância da matéria, poderá admitir manifestação de pessoas, órgãos ou entidades com interesse na controvérsia. (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

§ 5o Recebidas as informações e, se for o caso, após cumprido o disposto no § 4o deste artigo, terá vista o Ministério Público pelo prazo de quinze dias. (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

§ 6o Transcorrido o prazo para o Ministério Público e remetida cópia do relatório aos demais Ministros, o processo será incluído em pauta na seção ou na Corte Especial, devendo ser julgado com preferência sobre os demais feitos, ressalvados os que envolvam réu preso e os pedidos de habeas corpus. (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

§ 7o Publicado o acórdão do Superior Tribunal de Justiça, os recursos especiais sobrestados na origem: (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

I - terão seguimento denegado na hipótese de o acórdão recorrido coincidir com a orientação do Superior Tribunal de Justiça; ou (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

II - serão novamente examinados pelo tribunal de origem na hipótese de o acórdão recorrido divergir da orientação do Superior Tribunal de Justiça. (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

§ 8o Na hipótese prevista no inciso II do § 7o deste artigo, mantida a decisão divergente pelo tribunal de origem, far-se-á o exame de admissibilidade do recurso especial. (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

§ 9o O Superior Tribunal de Justiça e os tribunais de segunda instância regulamentarão, no âmbito de suas competências, os procedimentos relativos ao processamento e julgamento do recurso especial nos casos previstos neste artigo. (Incluído pela Lei nº 11.672, de 2008).

3 - A súmula impeditiva de recursos (art. 518, parágrafo primeiro, do CPC) e a súmula vinculante. Através daquela, as partes não terão seus recursos conhecidos nos tribunais superiores se a sentença recorrida estiver de acordo com suas súmulas. Já a súmula vinculante é destinada aos juízes, que são obrigados a decidir as questões de acordo com as súmulas vinculantes.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------
7 formas de você tirar proveito máximo do Questões Comentadas

1. Assine por email ou RSS. Sabia que você pode saber das últimas novidades do site sem visitar o http://www.questoescomentadas.com ? Para isso, assine nosso conteúdo via email ou no seu leitor preferido de feeds.

2. Comente. Cada artigo publicado permite que você exponha suas ideias, debatendo-as com outros excelentes leitores, numa discussão que ajudará sua capacidade de argumentação. Basta clicar no botão de comentários, logo abaixo do título de cada artigo, para ter acesso às discussões. Se você não possuir conta no Google, pode participar como anônimo e, dentro da mensagem, colocar seu nome/cidade.

3. Mande suas dúvidas e sugestões. Escreva um email no formulário de contato do site. Seu comentário pode inclusive ser objeto de artigo no site!

4. Participe dos sorteios. Realizamos diversos sorteios e promoções no site. Fique de olho!

5. Passeie pela nossa seção de arquivos. Na barra lateral direita, existem os "temas abordados", onde você pode verificar os assunto que já foram tratados.

6. Faça uma busca. Caso queira saber se algum assunto, termo ou palavra em particular foi debatido ou apareceu em algum artigo, é só utilizar a nossa caixa de pesquisas ("pesquisar questões"), localizada no canto superior, abaixo da logomarca do site.

7. Assine nosso twitter linsandre para receber questões através dele.

0 comentários »

Deixe seu comentário!